sábado, 30 de junho de 2012

Só atravéz do esporte podemos relaxá...

Corintianos esgotam ingressos para a final da Libertadores

 
DE SÃO PAULO
SPFW 2012O Corinthians anunicou na tarde deste sábado que todos os ingressos dos setores destinados à sua torcida já estão esgotados para a final da Taça Libertadores, nesta quarta-feira, às 21h50, no Pacaembu.
Neste sábado foi aberta a venda dos ingressos para a Arquibancada Amarela, último setor disponível e exclusivo aos associados do plano Minha Torcida, do programa Fiel Torcedor, que é a categoria destinada aos torcedores de organizadas cadastrados na Federação Paulista de Futebol. E todas as entradas foram vendidas.
Horas antes, o clube confirmou que disponibilizará um telão no sambódromo do Anhembi no horário da decisão. O evento para os corintianos será cobrado. A Prefeitura de São Paulo, junto da Polícia Militar, liberou o espaço para 30 mil torcedores.
Os ingressos de pista para a arena sairão por R$ 20 cada. Nas bilheterias, as vendas acontecem domingo, segunda e terça-feira, das 11h às 17h, no Portão 22 do estádio do Pacaembu e no Parque São Jorge.
Na internet, os associados do Fiel Torcedor poderão comprar a partir de 18h deste sábado pelo www.fieltorcedor.com.br. Os não sócios podem optar pelo site http://www.zetks.com. No dia da final, os bilhetes serão negociados apenas no Anhembi.
Além da partida, o torcedor corinthiano terá boa estrutura de bares, banheiros e praça de alimentação durante todo o evento. Os portões 28 (para Fiel Torcedor) e 30 (para os não sócios) do Anhembi serão abertos às 17h.



Só pelo voto podemos mudar o Brasil...

Polícia Federal volta a prender três integrantes do grupo de Cachoeira

Foram presos Wladimir Garcez (PSDB), ex-presidente da Câmara de Vereadores de Goiânia, Lenine de Araújo Souza e José Olímpio de Queiroga Neto

Duas semanas depois de terem sido soltos, três integrantes da quadrilha do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, voltaram a ser presos neste sábado (30) pela Polícia Federal.
Foram presos Wladimir Garcez (PSDB), ex-presidente da Câmara de Vereadores de Goiânia e apontado como braço político de Cachoeira; Lenine de Araújo Souza, suspeito de ser o contador da organização criminosa; e José Olímpio de Queiroga Neto, conhecido por "Careca" e que seria sócio do contraventor nas máquinas caça-níqueis no entorno de Brasília. Todos os três são alvo da Operação Monte Carlo da PF que, em fevereiro, levou à prisão de Cachoeira.
Gleyb Ferreira da Cruz, encarregado da movimentação financeira do esquema de Cachoeira e que permaneceu preso pela Operação Saint-Michel, teve novamente a prisão decretada.
As prisões foram determinadas, na sexta-feira à noite, pelo desembargador federal Souza Prudente, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Ele revogou o habeas corpus concedido pelo desembargador Tourinho Neto, no dia 16 de junho, que garantiu a liberdade de Queiroga Neto, Lenine de Araújo e de Wladimir Garcez.
Todos eles foram convocados para depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Cachoeira. Mas, munidos de habeas corpus, optaram por não responder às perguntas dos integrantes da CPI.


Agora o Botafogo fez uma contratação de qualidade.

Botafogo confirma acerto com Seedorf

Holandês de 36 anos foi anunciado pelo clube carioca e assinará contrato de dois anos

O Botafogo confirmou neste sábado a contratação do volante Clarence Seedorf, ex-Ajax, Milan, Real Madrid e Inter de Milão. O jogador, que teve seu contrato com o Milan encerrado na última temporada, aceitou a proposta do Botafogo e agora vai realizar o sonho de morar no Rio de Janeiro, cidade natal da sua esposa, Luviana.
Seedorf tem 36 anos e assinou contrato por dois anos. No seu site oficial, o Botafogo valoriza o fato de esta ser a maior contratação da história do futebol brasileiro em se tratando de um atleta estrangeiro. O holandês, que disputou a Copa do Mundo de 1998, passou os últimos dias em Los Angeles e até passou por treinamentos do L.A. Galaxy, time de David Beckham, com quem jogou no Milan.
 
Seedorf e Luviana, sua esposa brasileira
No currículo vitorioso, Seedorf é recordista de títulos do principal torneio de clubes do mundo, a Liga dos Campeões. Ele participou de quatro campanhas vitoriosas por três times diferentes: Ajax (1995), Real Madrid (1998) e Milan (2003 e 2007). 
Nascido no Suriname, ex-colônia holandesa, Seedorf fez o caminho natural de muitos compatriotas e imigrou para a Holanda muito jovem. Iniciou a carreira no Ajax e lá fez parte do último grande time montado pelo clube formador de Johann Cruyff na metade dos anos 90.
Por ter esposa brasileira, Seedorf nunca descartou a possibilidade de negociar com um clube do país. No fim da temporada 2010/2011, o jogador esteve em conversas com o Corinthians, mas ele preferiu continuar na Europa e acabou renovando com o Milan por mais uma temporada. O clube paulista desistiu da contratação depois da primeira negativa.
Na última temporada do Campeonato Italiano, Seedorf participou de apenas 18 dos 38 jogos da campanha do vice-campeonato do Milan. Marcou dois gols.


sexta-feira, 29 de junho de 2012

Politica de São Vicente, sempre a mesma coisa, usa o povo em benefício próprio.

Estamos chegando no prazo final da Lei Eleitoral, quando os partidos precisam fazer suas convênções e apresentar seus candidatos e suas coligações perante a Justiça Eleitoral, mais São Vicente é diferente, aqui tudo acontece de supressa, parece combinado, pois a intenção de quem está no Poder é criar dificuldades para receber facilidades, é isso que o povo está achando, pois sempre é assim, o vice que não representa nada por nada se torna a grande dúvida do processo eleitoral da nossa cidade, aonde temos uma chapa da oposição formada e anunciada democraticamente entre os partidos legalizados e reconhecidos pela Lei, formada e pronta para o debate civilizado conforme os bons costumes, mais a chapa da situação nunca se entende, apesar do controle da maquina administrativa nas mãos, tê um Prefeito que não aceita ou se acovarda perante o Candidato da situação da nossa cidade vai ficando cada dia mais pobre de Cidadania, tendo em vista que na vida o homem precisa ter coragem de tomar decisões nessas horas, pois toda uma comunicadade depende das decisões que vão mudar os destinos de uma população.
Ai vem a grande pergunta da população!, como um Prefeito que pertence a um Partido diferente do Partido do Candidato não teve coragem ou força para indicar o Vice? Como um Prefeito que durante o seu mandato denunciou o seu candidato por Improbidade Administrativa perante a Justiça Federal e divulgou em todos os cantos desse Brasil que o mesmo passava Chegue sem Fundo; usava agiotas dentro da Prefeitura; não pagava em dia seus funcionários, fornecedores e ainda deixou muitas contas para o mesmo pagar?, o que esperar de um homem que não cumpre com  a palavra, pois o mesmo tentou inludir os Vicentidos com a construção do Monte de São Francisco, gastou até recursos públicos, mais preferiu construir na Praça Principal um monomento que não era previsto e uma praça, como homenagem, do que consertar o Ginásio o Metódão. O que esperar desse grupo?  



Vamos sempre se aposentar mais velhos, veja sua realidade, pois as Leis são feitas conforme o IBGE.

Expectativa de vida no país sobe 25,4 anos de 1960 a 2010, diz IBGE

Nascidos há meio século tinham esperança de vida de 48 anos.
Número médio de filhos por mulher caiu de 6,3, em 1960, para 1,9, em 2010.

Do G1, em São Paulo
 
A expectativa de vida do brasileiro nascido em 2010 alcançou 73,4 anos, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta sexta-feira (29). Ao ser comparada com os dados de 1960, quando a perspectiva era de que o cidadão vivesse 48 anos, a esperança de vida do brasileiro tem um aumento de 25,4 anos.
Os dados do IBGE também mostraram que o número médio de filhos por mulher caiu de 6,3, em 1960, para 1,9, em 2010. Segundo o levantamento do instituto, isso indica que a população brasileira está mais envelhecida. A parcela de idosos (65 anos ou mais) passou de 2,7% (1960) para 7,4% (2010).
O Censo 2010 identificou que a participação da população com idade entre 0 e 14 anos caiu de 42,7% (1960) para 24,1% (2010). A diminuição da mortalidade permitiu o aumento da participação da população em idade ativa (15 anos a 64 anos), que em 1960 era de 54,6% e passou para 68,5% em 2010.
O instituto registrou ainda que aumentou a proporção de mulheres sobre os homens. Em 1960, existiam 99,8 homens para cada 100 mulheres. Em 2010, eram 96 homens para cada 100 mulheres.
Declaração de raçaSegundo o IBGE, 90,6 milhões de brasileiros se declararam como brancos em 2010, o equivalente a 47,7% da população. No mesmo ano, 82,8 milhões de pessoas se classificaram como pardos (43,1%) e outros 14,3 milhões, como pretos. (Os termos branco, preto e pardo são utilizados no relatório oficial do IBGE.)
O levantamento também apontou que 817 mil pessoas se declararam indígenas (0,4%). Desse universo, 60,8% estavam concentrados nas áreas rurais. Do total da população brasileira, apenas 15,6% vivem na zona rural.
Santa Catarina tem a maior proporção de brancos (84%), seguido do Rio Grande do Sul (83,2%) e Paraná (70,3%). Em contrapartida, apenas 20,9% da população de Roraima se declarou branca.
A maior proporção de pardos foi registrada no Norte e no Nordeste. Na Bahia, são 17,1%, cerca de 24 milhões de pessoas que se classificaram como pardos. No Rio de Janeiro, 12,4% se declaram pretos, cerca de 2 milhões de pessoas.


 

Em quem confiar? essa é a grande indagação

Policial e mais três são presos com armas e toucas ninja na BR-101
Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR
 (PRF/Divulgação)
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu quatro pessoas por porte ilegal de arma durante uma fiscalização na BR-101, em São José do Mipibu, na noite dessa quinta-feira. Entre os detidos está o policial militar Iribério Ferreira de Moura, de 37 anos. O grupo estava no VW Gol de placa MYJ-8344/RN, onde foram encontrados dois revólveres calibre 38, uma pistola 380, munições e três toucas ninja.

Segundo a PRF, a abordagem aconteceu por volta 23h, no posto de fiscalização. Dos quatro ocupantes, Joâo Maria de Souza e Francisco de Assis da Siva, 30 anos, já respondem por diversos crimes. O condutor do veículo, Judson Gomes Roberto Fereira, 25 anos, é funcionário de uma empresa que presta serviço ao poder judiciário. O quarto detido é o policial militar Iribério Moura.

A Polícia Rodoviária informou que durante a entrevista houve divergência no relato dos quatro, tendo em comum apenas a informação de que iriam para a festa de São José de Mipibu. Os detidos e o material apreendido foram conduzidos à Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal, onde foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.
 

 

Quem quer vencer na vida, o Governo está dando todas as oportunidades, basta procurar...

MEC quer ampliar faixa de renda para acesso ao Prouni

Governo quer incluir mais alunos no programa e incentivar procura por cursos de exatas, tecnologia e saúde. Mudanças devem ser anunciadas ainda neste ano

Valor Online | O Ministério da Educação (MEC) prepara, ainda para este ano, duas grandes mudanças em uma das principais políticas sociais do governo federal, o Programa Universidade para Todos (Prouni), que deu bolsas de estudo custeadas por incentivos fiscais para mais de 1 milhão de jovens de baixa renda em faculdades particulares desde 2005.
A primeira delas é elevar o critério de renda do Prouni para incluir mais estudantes no ensino superior. A outra é criar mecanismos para aumentar a oferta de bolsas em cursos estratégicos para o desenvolvimento econômico do País e diminuir a concentração em programas da área de humanas, que responde por 65% das bolsas do Prouni. Os cursos de exatas e tecnologia, como engenharia e ciências da computação, somam somente 18% e os de saúde (Medicina e Enfermagem), têm 17% das bolsas.
De acordo com a lei 11.096, de 2005, as bolsas integrais do programa são reservadas para brasileiros com renda familiar mensal per capita de um salário mínimo e meio. Em julho, o MEC apresentará ao Ministério da Fazenda e à Casa Civil projeto para dobrar esse teto, beneficiando jovens de famílias com renda mensal per capita um pouco maior, de até três mínimos, disse ao Valor o secretário de regulação do ensino superior do MEC, Jorge Messias.
Segundo ele, a mudança não significa flexibilização do Prouni, "mas uma necessidade de ajuste, porque o programa tem uma legislação de 2005, que refletiu a realidade socioeconômica da época". Ao longo do governo Lula, e agora no governo Dilma, mais de 30 milhões de pessoas foram para a classe média, o que exige mudanças na regra do programa, explica Messias.
"É uma discussão bem adiantada e prioritária dentro do MEC, estamos estudando os cenários de perspectivas de acesso ao ensino superior e de crescimento da renda da população. A alteração estará no intervalo entre um salário mínimo e meio e três mínimos", afirma o secretário.
Dados do Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que 8,1% das famílias brasileiras têm rendimento per capita mensal entre dois e três salários mínimos, o que significa um novo público potencial para o Prouni de mais de 4,6 milhões de famílias.
O dirigente do MEC prefere não falar sobre o impacto para os cofres públicos nem sobre a quantidade de beneficiados que a medida poderá gerar, mas conta que a ampliação do teto de renda para acesso ao Prouni não é uma ação isolada. Faz parte de um conjunto de políticas para aumentar o acesso ao ensino superior no Brasil - público e privado.
Entre essas medidas, Messias cita a recente criação de 2.415 vagas de medicina em universidades federais, a atual discussão no Congresso sobre a transformação de R$ 15 bilhões em dívidas tributárias - de faculdades particulares com o governo federal - em até 500 mil bolsas do Prouni e a meta do Plano Nacional de Educação (PNE) de elevar a proporção de matrículas entre jovens de 18 a 24 anos para 33% - hoje, a taxa está em torno de 15% dessa faixa.
O secretário também fez questão de afirmar que o governo não cogita flexibilizar nenhum dos outros critérios de acesso ao Prouni. Para conseguir uma bolsa do programa, o candidato precisa, além de estar dentro da faixa de renda exigida, ter feito os três anos do ensino médio em escola pública - ou ter sido bolsista integral em colégio particular -, atingir média igual ou superior a 400 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou ser deficiente físico.
"O Enem é um critério fixo do Prouni e está alinhado a todas as nossas políticas, não vamos abrir mão dele como regra de acesso. Também não pensamos em mexer nos critérios escola pública e deficiência física", reitera Messias.


Receita do mês de junho, diretamente para Prefeitura

29/06/2012    SISBB - Sistema de Informações Banco do Brasil    09:14:21
SAO VICENTE - RN.
FPM - FUNDO DE PARTICIPACAO DOS MUNICIPIOS
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO

08.06.2012PARCELA DE IPI 50.586,77 C
PARCELA DE IR184.674,71 C
20.06.2012PARCELA DE IPI9.456,27 C
PARCELA DE IR114.000,31 C
29.06.2012PARCELA DE IPI11.830,18 C
PARCELA DE IR128.019,58 C


Repasse do ICMS - junho/12 -     94.994,71 

FUNDEB - FNDO MANUT DES EDUC BASICA E VLRIZ PROF EDUC -
        
CREDITO FUNDO135.377,34 C


TOTAL DO CRÉDITO DO MÊS DE JUNHO FEDERAL - R$498.567,82 C

Para leitor, política é 'teatro de conveniências'

Nesse teatro de conveniências e interesses, quantos encontros ocorreram ou ocorrerão, registrados ou não, movimentando as engrenagens da história?
Veja o quanto de interesse tem na nossa história ou pelos problemas da nossa população, pois até hoje ninguem fala ou se preocupa com nada, simplesmente cada um busca salvar seus espaços na muda, todos querem continuar ganhando sem fazer nada, só lembra essa imagem, pois aonde tem um Prefeito fraco e indeciso, só podemos esperar que vai continuar assim.
Queria saber aonde vai ficar a Saúde, Educação, Esporte, Lazer, Infra-Estrutura, O Metódão, as Quadras de Esportes da Zona Rural, enfim, os problemas da nossa população, pois está faltando espaço para que os serviços públicos de qualidade tenha prioridade nesse grupo que domina São Vicente.


Os corruptos não param de crescer, cada dia eles criam uma nova formula de levar vantagem.

Operação da PF prende três prefeitos na Paraíba
 
FERNANDO MELLO
DE BRASÍLIA
A Polícia Federal da Paraíba prendeu na manhã desta quinta-feira (28) três prefeitos, três secretários municipais e 10 funcionários públicos, acusados de desviar R$ 65 milhões. Também foram presas primeiras-damas de municípios do interior.
Foram presos os prefeitos de Solanea, Alhandra e Sapé. Foram investigadas 13 cidades. Das prefeituras investigadas, quatro são comandadas pelo PMDB, três pelo PSDB, dois pelo DEM, uma pelo PTB, uma pelo PDT e uma pelo PSD.
Batizada de "Pão e Circo", a investigação teve atuação do Ministério Público Estadual. Do total desviado, R$ 15 milhões são do Ministério do Turismo. O dinheiro era destinado para festas. As prefeituras informavam que iriam contratar bandas de renome, como Chiclete com Banana e Ivete Sangalo, mas pagavam apenas para cantores locais, embolsando a diferença,
As irregularidades se concentravam em festas de São João, Carnaval e Réveillon.
Os investigados fraudavam licitações e processos de inexigibilidade de licitação através da utilização de empresas fantasmas e documentos ideologicamente falsos, contando com a efetiva participação de servidores públicos e, em alguns casos, dos próprios prefeitos municipais, para operacionalizar o esquema.
Os investigados devem responder por fraude a licitações, corrupção ativa e passiva, peculato, advocacia administrativa, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.


O mais curioso nessa matéria é que entre os denunciados existe empresas que vendem também para nossa cidade e outro fato que deve ser observado é a comissão de licitação que foi também denunciada, como venho alertando constantemente os nossos funcionários. Os Prefeitos não tem nada a perder, mais os funcionários que muitas vezes não tem culpa de nada, são penalizadas para sempre.

MPF processa ex-prefeito potiguar por irregularidades em verbas da saúde
Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR, com MPFRN

O Ministério Público Federal no RN ingressou com uma ação de improbidade e uma ação penal contra o ex-prefeito de Baía Formosa José Galdino Alves, um empresário e três ex-membros da Comissão de Licitação da Prefeitura.

As ações apontam o fracionamento indevido e fraude em licitações, além do superfaturamento de preços, com o consequente desvio de recursos destinados à aquisição de medicamentos do Programa Farmácia Básica no município. As quatro empresas que participaram da fraude também respondem à ação de improbidade.

As irregularidades foram constatadas em fiscalização da Controladoria Geral da União, que investigou diversas ações do governo federal executadas em Baía Formosa. Segundo apurado, em 12 de janeiro de 2007 o então prefeito José Galdino e os integrantes da comissão municipal de licitação realizaram duas licitações diferentes para a compra dos medicamentos, ambas beneficiando a mesma empresa contratada: Roseane Dantas Queiroz ME, de propriedade de Jailson Dantas Queiroz.

Acontece que o valor total das contratações somava R$ 108.188,32, o que obrigaria o gestor público a promover a tomada de preços, um tipo mais criterioso de licitação com maior formalismo e publicidade do que o convite, tipo utilizado nos dois processos licitatórios realizados. Para o procurador da República Ronaldo Pinheiro de Queiroz, que assina as duas ações, "o uso do convite no lugar da tomada de preços, além de ser ilegal, restringe o caráter competitivo do ato, devido à sua menor publicidade."

Além disso, foi verificada a combinação de preços entre os licitantes, uma vez que a variação dos valores unitários constantes nas propostas era de R$ 0,01 a R$ 0,02. O relatório de fiscalização da CGU também demonstra o superfaturamento dos medicamentos em 280%, ao compará-los com os preços constantes em licitações da Secretaria Estadual de Saúde para aquisição dos mesmos itens.

Nas ações, o MPF/RN sustenta ainda que a prática promovida por José Galdino com a participação dos demais envolvidos resultou em evidente dano aos cofres públicos, com desvio de recursos para satisfação de interesses próprios ou alheios.

Lista de acusados

José Galdino Alves (ex-prefeito)

Denise Tanoeiro Alves; Luciana Gomes de Almeida; e Sandra Maria de Oliveira (membros da comissão de licitação à época dos fatos)Jailson Dantas Queiroz (dono da empresa beneficiada com o esquema)

Roseane Dantas Queiroz – ME (empresa beneficiada com o esquema)

Dental Medica Comércio e Representações; Artmed Comercial Ltda; Bigfarma Médico Hospitalar (participaram do esquema fraudulento)

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Você e a verdade.

Um comentário que merece ser lido

Adoto uma postura neutra porque dessa forma consigo enxergar além da ilusão do interesse que cegam as pessoas. As pessoas acham que enganam a quem com discursos bonitos, com defesas prontas e com ataques de baixo calão. Sou estudante por isso ainda não me considero uma intelectual, mas vivo em busca da melhoria da Nação brasileira, pois acredito que os jovens de hoje são o futuro do amanhã, entretanto tenho me decepcionado com muitos jovens que usam sua inteligência para camuflar com palavras bonitas a verdade tentando apagar o real interesse do povo com discursos prontos. É com discursos bonitos, e por causa de discursos bonitos que Lula aceitou receber o apoio de Paulo Maluf, e é assim que as pessoas tentam enganar aqueles que não sabem o que é política, porque manter a sociedade na ignorância é a melhor alternativa para quem não acredita num futuro melhor para o Brasil, ou melhor, para quem quer usar o dinheiro público em beneficio próprio. Tenho orgulho de ser brasileira, de fazer parte dessa nação que mesmo com tantas mazelas nunca deixa de sorrir, nunca deixa de ter esperança, pois a esperança é o que move um país. Eu tenho esperança de ver um quadro diferente para o meu país e minha cidade!


Ponto de vista

A Realidade e a farsa.

Ando vendo muitos líderes de torcida que usam sua inteligência para camuflar a verdade, a verdade deve ser dita nem que para isso seja preciso ouvir criticas, mas devo dizer uma coisa, quem não quer ouvir criticas, não fale nada, não faça nada, seja um NADA.
É por isso que critico o governo daqui porque as pessoas não estão conseguindo enxergar a crise política que esta acontecendo nessa cidade. Uma crise existencial, pois São Vicente não tem face, é uma cidade que não tem projetos próprios, que a única política é a política da dádiva, na qual se troca um voto por uma feira, por um botijão de gás, por um papel de luz. Mas, mesmo com tantas mazelas eis que uma alternativa surge do fundo do poço para tentar reestruturar aquilo que não tinha face, que não tinha projetos. Surge uma candidata à prefeitura digna de um voto, mas não um voto trocado por um favor, por um beneficio próprio, mas um voto de confiança, um voto de esperança, esperança de modificar os rumos que São Vicente vem tomando. Chega! O povo não pode mais ser penalizado por uma escolha mal feita, seja parte de uma nova fase política da cidade. Vote por uma nova administração pública que se preocupa com o bem estar social, escolha quem realmente tem esse perfil para Gestora e compromisso com o Povo.


Requisitos necessários para tirar licença para ser Candidatos nas próximas eleições.

Licença para atividade política

1. CONCEITO

       Licença para Atividade Política é o afastamento concedido ao servidor para exercício de atividade política, sendo sem remuneração, durante o período entre a escolha em convenção partidária e a véspera do registro de sua candidatura perante a Justiça Eleitoral, e remunerada a partir do registro de sua candidatura até o 10º (décimo) dia seguinte ao pleito.

2. OCORRÊNCIA

       Publicação, no Boletim de Serviço, da Portaria concessiva da Licença para Atividade Política.

3. INFORMAÇÕES GERAIS

       Durante o período entre a escolha em convenção partidária e a véspera do registro da candidatura, o servidor poderá licenciar-se, sem remuneração, para a atividade política.
       A partir do registro da candidatura, até 10º (décimo) dia seguinte ao da eleição, o servidor fará jus à licença, com os vencimentos do cargo efetivo, somente pelo período de 03 (três) meses.
       A data do registro deve ser interpretada como a do protocolo do requerimento no órgão eleitoral responsável.
       No caso de indeferimento do registro da candidatura pelo órgão competente, o servidor candidato fará jus a licença até a data do indeferimento, devendo apresentar-se ao serviço no dia imediatamente posterior à data da publicação da decisão. As ausências compreendidas entre a data da publicação e do retorno serão computadas como faltas injustificadas.
       O candidato a cargo eletivo na localidade onde desempenha suas funções e que exerça cargo de Direção, Chefia, Assessoramento, Arrecadação ou Fiscalização, dele será afastado, a partir do dia imediato ao do registro da candidatura perante a Justiça Eleitoral, até o 10º (décimo) dia seguinte ao pleito.
       O período de Licença para Atividade Política contar-se-á apenas para efeito de aposentadoria e disponibilidade.
       Ao servidor em Estágio Probatório poderá ser concedida a licença, ficando o Estágio Probatório suspenso durante a licença e retomado a partir do término do impedimento.
       A licença concedida dentro de 60 (sessenta) dias do término de outra da mesma espécie será considerada como prorrogação.
       A concessão da Licença para Atividade Política é de competência do Coordenador-Geral de Recursos Humanos do DPRF.

4. INSTRUÇÃO PROCESSUAL

       Para a concessão da Licença para Atividade Política, o servidor deverá apresentar à sua unidade de Recursos Humanos os seguintes documentos:
  • Requerimento solicitando a concessão da licença para atividade política, com ciência da chefia imediata;
  • Cópia autenticada da ata da convenção partidária que o escolheu como candidato;
  • Declaração emitida pelo órgão competente ou outro documento que comprove o pedido de registro da candidatura junto ao órgão eleitoral competente;
  • Cópia autenticada da folha de ponto ou de outro documento que comprove o último dia trabalhado pelo servidor;
  • Dados funcionais do servidor;
  • Último contracheque do servidor;
  • Pronunciamento da unidade competente da regional sobre o pleito;
  • Encaminhamento dos autos pelo Superintendente ou Chefe de Distrito à CGRH/ DPRF, para concessão da licença.
       A CGRH/DPRF publicará a Portaria de concessão da licença e encaminhará o processo à regional de origem.
A regional lançará a licença no SIAPECAD, registrará na pasta funcional do servidor, e efetuará os devidos acertos financeiros, sobrestando o processo até juntada de documento que comprove a decisão, arquivando-o após encerramento da licença.

5. FUNDAMENTO LEGAL


O Homem é produto do meio em que vive.

A ética e a moral não decorrem de regras e leis.

 A ética e a moral não decorrem de regras e leis. Aquele que encontra a si mesmo, que é e escolhe como agir, vive de forma ética e moral, porque tem como valores éticos e morais aquilo que sua própria consciência lhe aponta, esse valores que deve existir dentro dos homens públicos, para que a sociedade possa desfrutar dos serviços públicos de qualidade.


O Corinthians Brilha na Argentina

Corinthians reage e empata na Bombonera com gol de Romarinho

THIAGO BRAGA
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

SPFW 2012
Em um jogo muito truncado, o Corinthians arrancou empate por 1 a 1 com o Boca Juniors, em La Bombonera, em Buenos Aires, graças a um gol de Romarinho, no primeiro jogo da final da Libertadores.
A segunda e decisiva partida será na próxima quarta-feira, no Pacaembu, às 21h50. Diferentemente das outras fases do mata-mata, na final gol feito fora de casa não conta como critério de desempate. Ou seja, quem vencer é campeão. Empate provocará prorrogação e depois pênaltis.


A Lei é pra todos.

Presidente da Câmara Municipal de Vera Cruz é preso por receptação

Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR, com Degepol

O vereador presidente da Câmara Municipal de Vera Cruz, cidade distante a 37km de Natal, foi preso nesta quarta-feira (27) pela Polícia Civil. Cleonaldo Joaquim Oliveira é acusado de porte ilegal de arma de fogo, receptação e será indiciado pelo assassinato de Erival Lopes da Silva, de 37 anos, morto na noite de ontem por quatro disparos de arma de fogo.

De acordo com o delegado Rolim, titular da Delegacia de Vera Cruz, o crime ocorreu na noite de terça-feira (26) quando o vereador estava em casa com sua esposa e quatro homens pararam um carro em frente a sua calçada para trocar um pneu furado. Na ocasião, eles teriam começado a fazer algazarra com gritos e palavrões, momento em que ele teria efetuado os disparos.

O delegado Rolim conta ainda que solicitou a presença do vereador Cleonaldo na delegacia hoje para prestar esclarecimentos sobre o homicídio.“Pedi que ele se apresentasse voluntariamente e que trouxesse a arma do crime. No entanto, o vereador apresentou um revólver calibre 38, arma diferente da que foi utilizada”, conta.

A perícia do ITEP revelou que as cápsulas encontradas no local do assassinato não eram de revólver e sim de uma pistola ponto 40, que é de uso restrito.

“O vereador esta sendo autuando em flagrante por porte ilegal de arma, pois as duas armas não possuíam registro e também por recptação, já que a pistola está com ocorrência de furto. Além disso, o inquérito para esclarecer o homicídio será instaurado e ele vai ser indiciado”, acrescenta Rolim.
Em seu depoimento, o vereador Cleonaldo, disse que os homens teriam começado a falar palavrões e fazer piadas e sua esposa incomodada com a situação teria saído para reclamar e pedir que parassem com o barulho. Porém os homens continuaram e ele também saiu para reclamar. “Ele falou que nesse momento um dos rapazes simulou tirar alguma coisa da cintura e ele pensando ser uma arma reagiu e efetuou quatro disparos”, finaliza o delegado.

O vereador Cleonaldo Joaquim Oliveira esta preso na Delegacia de Vera Cruz onde aguarda decisão da justiça.
 
 

A Lei está mudando, até ex-governador foi condenado. Quem faz aqui, paga aqui...

26 de junho de 2012 às 12:20
O ex-governador Fernando Freire foi condenado a pagar mais de R$ 16 milhões aos cofres públicos. No processo 0026971-17.2005.8.20.0001 o juiz Ibanez Monteiro, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública, julgou procedente a denúncia feita pelo Ministério Público do pagamento ilegal de gratificações feitas pela Vice-Governadoria no período de 1999 a 2002. A sentença foi publicada hoje no Diário da Justiça Eletrônico, edição 1.112, no espaço destinado a 2ª Vara da Fazenda Pública.

Ex-governador Fernando Freire é condenado a devolver mais de R$ 16 milhões.


Fernando Freire pagará R$ 11 milhões como ressarcimento integral ao erário e ainda R$ 5,5 milhões como multa. Além disso, o ex-governador também foi condenado a perda dos direitos políticos pelo prazo de oito anos e está proibido de contratar com o Poder Público pelo prazo de cinco anos.
Maria do Socorro Dias de Oliveira, também ré no processo, foi condenada a perda da função pública, suspensão dos direitos políticos e proibir de contratar com a administração pelo prazo de cinco anos.
Na sentença, o juiz confirmou a decisão liminar que decretou a indisponibilidade dos bens de Fernando Freire. O magistrado excluiu da listagem dos imóveis um apartamento no Rio de Janeiro e uma casa em Petrópolis, no Estado carioca, que já haviam sido adquiridiso como execução de um título extrajudicial no ano 2000, portanto antes da Justiça ter decretado a indisponibilidade dos bens.
“Nos casos narrados nos presentes autos, foram concedidas gratificações de gabinete a pessoas supostamente lotadas na Vice-Governadoria e, posteriormente, no Gabinete Civil da Governadoria do Estado, sem que as mesmas sequer soubessem de tal fato e sem que, portanto, tenham prestado
qualquer serviço público efetivo mediante o desempenho de função pública, atribuída por lei. Tampouco ficaram à disposição do órgão concedente de dita vantagem, até porque sequer sabiam que seus nomes haviam sido utilizados para tanto”, escreveu na sentença o juiz Ibanez Monteiro.
Ele destacou que funcionários das residências do ex-governador e dos filhos, Fernanda e Fernando Filho, eram pagas como se fossem servidores do Estado. “Pessoas que trabalhavam nas residências de Fernando Antônio da Câmara Freire, Vice-Governador e posteriormente Governador, e de seus filhos foram remuneradas com verbas públicas, como se exercessem cargo ou função no Administração Pública estadual. Tudo isso além da apropriação desses valores em benefício próprio. Há, de fato, prova da prática de atos de improbidade administrativa”, destacou na sentença.
O juiz observou ainda que o ex-governador “ em nenhum momento de sua defesa, negou a ocorrência dos fatos, nem apresentou alguma prova capaz de excluir sua responsabilidade”.
O magistrado ressaltou ainda que a responsabilidade para conceder gratificações era de Fernando Freire. “Não havendo como negar a existência de provas suficientes para lhe impor a responsabilidade pelos atos que praticou, pois, de acordo com o conjunto probatório encartado no caderno processual, restou evidente a prática de atos de improbidade administrativa que provocaram lesão ao erário, configurados pela atribuição de verbas de gabinete a pessoas estranhas aos quadros do funcionalismo público”, escreveu na sentença.


quarta-feira, 27 de junho de 2012

Tudo acontece dentro da Secretaria de Saúde, é tudo do mesmo jeito, só o povão paga o pato.

27 de junho de 2012 às 09:13

Justiça determina que secretários de Planejamento e Saúde da Prefeitura de Natal se afastem do cargo.

A Justiça Estadual determinou que os secretários municipal de Planejamento, Antonio Luna, e Saúde, Maria do Perpétuo, sejam afastados do cargo que exercem no Executivo. Ambos estão envolvidos na Operação Assepsia. No caso de Luna, ele está com prisão preventiva decretada e foi detido.
São investigadas as contratações do INSTITUTO PERNAMBUCANO DE ASSISTÊNCIA E SAÚDE – IPAS, entidade que primeiro administrou a UPA do bairro de Pajuçara, do INSTITUTO DE TECNOLOGIA, CAPACITAÇÃO E INTEGRAÇÃO SOCIAL -ITCI, contratado para gerir o Projeto Natal contra a Dengue, e também da ASSOCIAÇÃO MARCA PARA PROMOÇÃO DE SERVIÇOS, atualmente responsável pelos contratos de gestão da UPA Pajuçara e dos Ambulatórios Médicos Especializados – AMES mantidos pelo Município de Natal.


Veja o esquema da safadeza contra a população, só sabendo votar que podemos combater a corrupção.

Justiça detalha como funcionava esquema de fraudes em licitações na SMS
Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR

O Tribunal de Justiça do RN detalhou como funcionava o esquema de contratação de supostas organizações sociais pelo Município de Natal, com atuação na área da saúde pública, investigado pela Operação Assepsia, deflagrada nesta quarta-feira (27). Apesar do processo correr em segredo de Justiça, o TJRN explicou que a ação funcionava em seis etapas.
São investigadas as contratações do Instituto Pernambucano de Assistência e Saúde (IPAS), entidade que primeiro administrou a UPA do bairro de Pajuçara, do Instituto de Tecnologia, Capacitação e Integração Social (ITCI), contratado para gerir o Projeto Natal contra a Dengue, e também da Associação Marca para Promoção de Serviços, atualmente responsável pelos contratos de gestão da UPA Pajuçara e dos Ambulatórios Médicos Especializados (AMES) mantidos pelo município de Natal.

Confira como funcionava o esquema:


Em linhas gerais, a primeira etapa da atuação criminosa acontecia quando os investigados que ocupavam funções públicas na Secretaria Municipal de Saúde, aliados a outros agentes públicos que nem mesmo ocupavam cargo ou função na SMS, movidos por interesses eminentemente privados, procuravam ou eram procurados por dirigentes de empresas privadas, e, em comum acordo de interesses privados, acordavam que referidas empresas iriam se qualificar junto ao Município de Natal como Organizações Sociais, sem finalidades lucrativas, para, em, seguida, firmar com o Poder Público contrato para gestão de unidades de saúde ou programas de saúde, sob remuneração milionária dos cofres públicos municipais.

Na segunda etapa do percurso criminoso, os gestores da Secretaria de Saúde, decidiam qualificar tais empresas como Organizações Sociais, passando tais empresas a serem tidas, ao menos formalmente, por verdadeiras Organizações Sociais, quando, em verdade, longe estavam de satisfazer os requisitos para a obtenção de tal rótulo.

Na terceira etapa, mediante fraude nos procedimentos licitatórios ou mediante indevida dispensa de licitação, o Município de Natal, por meio da Secretaria de Saúde, celebrava formalmente com tais “Organizações Sociais” contratos milionários de gestão de unidades de saúde, de acordo com o que já havia sido acordado e definido desde antes da qualificação de tais empresas como Organizações Sociais.

Na quarta etapa ocorriam os repasses do Poder Público às tais empresas, repasses esses muitas vezes feitos de maneira adiantada a qualquer contraprestação de serviço. Na quinta etapa, as Organizações Sociais apresentavam à Secretaria de Saúde um simulacro de prestação de contas, de maneira a justificar o recebimento das verbas públicas, na qual estavam inseridas notas fiscais “frias” e em valores superfaturados, além de notas referentes a serviços tomados pelas Organizações Sociais de empresas de fachada pertencentes, ora aos próprios dirigentes dessas Organizações ou a seus familiares e amigos próximos, ora aos parentes e amigos dos gestores da Secretaria de Saúde de Natal, a quem por vezes a verba pública revertia diretamente ou por meio de benesses.

A sexta e última etapa do esquema consistia, à luz dos elementos que até aqui contam dos autos, na aprovação das fajutas prestações de contas das Organizações Sociais pelos investigados que compunham o núcleo diretor da Secretaria Municipal de Saúde, dando aparência de legalidade a todo o procedimento, fase essa de extrema importância para a manutenção e perpetuação do suposto esquema criminoso.
 

O Voto é uma arma contra a Corrupção.

Secretários do Município são detidos e polícia apreende documentos em Natal
Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR
 
O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público da Comarca de Natal e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), deflagrou na manhã desta quarta-feira, dia 27, com o apoio da Polícia Militar do Estado, a Operação Assepia, que investiga a contratação de supostas organizações sociais pelo Município de Natal, com atuação na área da saúde pública.

Estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão e de prisões preventivas e temporárias, expedidos pelo Juiz de Direito da 7ª Vara Criminal de Natal. As buscas e as prisões vem sendo realizadas em Natal e no Rio de Janeiro.

Em Natal, estão sendo realizadas buscas e apreensões nas residências do ex-Secretário Municipal de Saúde, Thiago Barbosa Trindade, do Procurador do Município de Natal Alexandre Magno Alves de Souza, do Secretário de Planejamento do Município Antônio Carlos Soares Luna, do Coordenador Administrativo e Financeiro da Secretaria Municipal de Saúde Francisco de Assis Rocha Viana, do ex- Coordenador Administrativo e Financeiro da Secretaria Municipal de Saúde Carlos Fernando Pimentel Bacelar Viana, na filial da Associação Marca, na sala da Coordenadoria Administrativa e Financeira da Secretaria Municipal de Saúde, na sede da SMS, e no Gabinete do Secretário Municipal de Planejamento, na sede da SEMPLA.

Ainda em Natal, o Poder Judiciário expediu mandado de prisão preventiva em desfavor do Procurador Municipal Alexandre Magno Alves De Souza e mandados de prisões temporárias de Thiago Barbosa Trindade, Antônio Carlos Soares Luna, Francisco de Assis Rocha Viana e de Carlos Fernando Pimentel Bacelar Viana.

No Rio de Janeiro, a Polícia cumpre mandados de busca e apreensão nas residências de TUFI SOARES MERES, de Gustavo de Carvalho Meres, do casal Rosimar Gomes Bravo e Oliveira E Antônio Carlos de Oliveira Júnior, conhecido como Maninho, e em três salas de um edifício empresarial situada na Barra da Tijuca, onde funcionam empresas ligadas a Tufi Soares Meres.

Também no Rio de Janeiro, a Polícia busca cumprir mandados de prisão preventiva de Tufi Soares Meres e Rosimar Gomes Bravo e Oliveira e De Prisão Temporária de Antônio Carlos de Oliveira Júnior.

Além dessas medidas, o Poder Judiciário aplicou a medida de afastamento do cargo da Secretária Municipal de Saúde, Maria do Perpétuo Socorro Lima Nogueira, do Secretário de Planejamento do Município, Antônio Carlos Soares Luna, do Coordenador Administrativo e Financeiro da Secretaria Municipal de Saúde, Francisco de Assis Rocha Viana e do assessor jurídico da SMS, Thobias Bruno Gurgel Tavares.

O Juízo da 7ª Vara Criminal ainda determinou a proibição de acesso e de frequência às dependências da Secretaria de Saúde de Natal por parte dos investigados Maria do Perpétuo Socorro Lima Nogueira, Thobias Bruno Gurgel Tavares, Antônio Carlos Soares Luna e Francisco de Assis Rocha Viana, igualmente proibindo o investigado Antônio Carlos Soares Luna de ter acesso e frequência à Secretaria de Planejamento de Natal.

São investigadas as contratações do Instituto Pernambucano de Assistência e Saúde – IPAS, entidade que primeiro administrou a UPA do bairro de Pajuçara, do Instituto de Tecnologia, Capacitação E Integração Social -ITCI, contratado para gerir o Projeto Natal contra a Dengue, e também da Associação Marca Para Promoção De Serviços, atualmente responsável pelos contratos de gestão da UPA Pajuçara e dos Ambulatórios Médicos Especializados – AMES mantidos pelo Município de Natal.

Segundo as investigações, as entidades contratadas pelo Município teriam sido previamente escolhidas pelo então Secretário Thiago Barbosa Trindade e pelo Procurador do Município Alexandre Magno Alves De Souza, que teriam manipulado os processos de qualificação e de seleção das entidades para viabilizar a celebração de contratos de gestão com o Município de Natal.

A investigação também demonstrou que as entidades contratadas pelo Município inseriram despesas fictícias nas prestações de contas apresentadas à Secretaria Municipal de Saúde, como forma de desviar recursos públicos. E que essas prestações de contas jamais foram glosadas ou conferidas pelas autoridades contratantes.
 
 

terça-feira, 26 de junho de 2012

Na vida precisamos tomar decisões, principalmente quando envolvem terceiros, pois o que não serve pra mim, não devemos querer para o próximo...



Relembrar não ofende, mais desde que faço politica em São Vicente nunca vi um Prefeito perder uma eleição, depois que olhei a foto da Candidata Maria Isabel com o atual Prefeito, não passa outra coisa na minha cabeça se não que Deus escreve certo por linhas tortas ou inverso, nós somos ou nos comportamos como tais, para que possa acontecer uma transformação na politica de São Vicente, vê uma mulher sem passado politico nem compromissos abafados com ninguém, simplesmente querer transformar os costumes políticos atrasados da nossa cidade em outra realidade, aonde o povo é nosso patrão e os serviços públicos é em benefício de todos, podemos sonhar, pois só dependo que o Prefeito não faça politicagem com os recursos públicos nem permita que funcionários use o bem público em benefício próprio ou de terceiros, pois só assim teremos uma campanha limpa e que vença o melhor para o bem de São Vicente. 


O Prefeito e seus desafetos, com quem contar em defesa da sua administração.

Segundo o Portal INFORSIDE / Blog do tonny que traz uma entrevista com o Candidato Joci sobre o rompimento politico com Dr. Bezerra, no minimo o Candidato Joci foi incoerente com a realidade e os fatos ocorridos durante todo esse tempo do mandato do Prefeito Dr. Bezerra, que são 42 meses trabalhando juntos, ele recebendo como Secretário e resolvendo a parte que o interessava como as Casas Populares, Reformas de Casas, Legalização de Terrenos e Casa na Zona Urbana e Construção de Banheiros, tudo isso com o intuito de ajudar politicamente o seu desafeto no momento, vem agora o Candidato Joci e diz textualmente que não fazia questão da presença do atual Prefeito no seu palanque, que tanto o defendeu na administação como manteve todos os seus funcionários de confiança, por todo esse tempo e por coerência e conhecedor dos fatos posso afirmar que Dr. Bezerra nomeou um único Secretário da sua confiança, o resto dos Secretários faz parte do Ex-prefeito Joci, que vem agora a público querer passar uma imagem de adversário politico, é muita cara de pau e ingratidão com quem acobertou todas as mazelas da sua administração,  como dizia Manxinha, que todo fracasso da administração do atual prefeito era em virtude do mesmo não tirar a limpo as coisas erradas do passado, agora é a vez do Dr. Bezerra lembrar que o Blog Quixabeira News falava a verdade.
Não precisa comentar a imagem, pois todos pertence ao mesmo palanque, até ontem, não sei com quem o Prefeito pode contar realmente depois das eleições, pois todos pertence ao grupo do Candidato Josifran Lins de Medeiros, tem a mesma opinião politica e a visão de quem não precisa de nínguem da Prefeitura, como fez o Candidato, pois chegou a hora do atual Prefeito buscar seu espaço na administração e na politica de São Vicente, correndo o risco de ficar sozinho, pois os Candidatos a Vereadores que ele defende e apoia, na Seção da Câmara já abraçaram a Candidatura de Joci e Andreaza, não tendo qualquer consideração a posição tomada pelo prefeito em defesa deles, imagine depois das eleições.
Estou publicando essas fotos para mostrar e lembrar como é bom quando está no Poder, principalmente no início de mandato, todos querem aparecer na foto e faz questão de está presente ao lado do seu chefe, mais chegou a hora de provar o contrário, com quem realmente o Prefeito pode contar em defesa da sua administração? pois já existe um Candidato a Vereador que disse em uma reunião na Serra de Santana que está entalado com o atual Prefeito e vai deixar tudo para descascar no palanque da vitória, se ela vinher, lógico, pois o povo pode ter memória curta, mais não esquece o sofrimento nem as humilhações que passaram nas mãos de certos politicos da nossa cidade.


Vereador José Vander faz um balanço do seu mandato e comunica sua predisposição de concorrer mais uma vez ao Cargo de Vereador.

Nesta segunda feira o Vereador José Vander fez um balanço das atividades legislativa durante a essa gestão do atual prefeito perante aos seus colegas Vereadores e reafirmou sua posição de continuar na bancada da oposição apoiando a Candidata a Prefeita e Vice  Maria Isabel e Patrícia Ribeiro, e defendendo todas as posições adotadas nesse período de 42 meses de mandato, ponto a ponto relembrou todos os fatos e motivos para as críticas e reconhecimentos dos atos praticados pelo Prefeito Municipal, deixando claro que nunca tomou qualquer posição contra a pessoa do Senhor Prefeito, mais sim contra atos e fatos que provocaram ao seu vê prejuízo ao povo de São Vicente, mais também reconheceu a importância do mesmo em pagar todos os compromissos do Município em dia, não ter procurado agiotas ou passado um cheque sem fundo, fazendo com que o Comércio Local tivesse um crescimento e o nome da nossa Cidade voltasse a ser respeitada como pagadora. 
Também na Seção fez questão de lembrar a importância que tem um Legislativo independente e acima de tudo, voltado para os interesses da população mais carente e que o compromisso maior de um Vereador seja com São Vicente e jamais deixar que o Poder do Executivo tome conta da Casa do Povo, que só assim o Prefeito possa realmente desempenhar seu papel de gestor dos recursos públicos em benefício da maior parte da população e não em proveito de poucos. 
Finalizando comunicou ao Plenário sua disposição de Concorrer mais uma vez ao Cargo de Vereador, deixando claro que seus compromissos vai ser sempre pautado pela transparência dos atos públicoso Povo de São Vicente, seja qual for o resultado das eleições, pois entende que só assim o Poder Executivo vai respeitar a Câmara Municipal e para demonstrar sua independência comunicou ao Presidente da casa que vai tirar Licença por três meses das funções do Legislativo, como lhe garante a Lei,  para poder com isenção e transparência buscar sua reeleição junto a sua população, finalizou agradecendo a todos e pedindo a Proteção de Deus.


O começo do fim do Prefeito Dr. Bezerra

Acabou agora a pouco a Seção na Câmara Municipal de São Vicente, quando foi comentado a decisão do Senhor Prefeito Francisco Bezerra Neto de não participar da Campanha Municipal deste ano, em virtude da escolha do Vice-Prefeito na chapa do Candidato Josifran Lins, que segundo eles não foi respeitado um acordo para que o vice fosse escolhido entre os Vereadores, mais apesar de muitos discursos em defesa do Prefeito Bezerra, todos afirmaram que apoiá a chapa montada exclusivamente por Joci e que vão está na convenção do partido no próximo sábado, que deixa a certeza que o Prefeito Dr. Bezerra vai ficar isolado na sua posição de independência politica, pois todos os Vereadores estão mais preocupados com eles do que com São Vicente, muito menos em dá apoio ao Prefeito, ficando a certeza que essa história é uma página virada como a administração desse Prefeito.
A Convivência entre as pessoas é muito complicada, principalmente quando tem interesse próprio em jogo, é muita traição, jogo de interesse e cada um pensando em tirar proveito próprio, pois mesmo o Dr. Bezerra ter declarado que vai continuar a dá apoio aos cinco Vereadores, não vi nenhum Vereador seguir a posição adotada pela Prefeito, de independência quanto a chapa majoritária adotada e confirmada por Joci, vão deixar ele conversando sozinho e correr pra os braços de Joci e Andreaza, isso que é lealdade, pois estão pensando no próximo mandato, esse já passou, demonstrando que não tem qualquer compromisso com Dr. Bezerra e São Vicente.
Aqui fica a certeza de que o Prefeito Dr. Bezerra vai terminar seu mandato sem nenhuma liderança ao seu lado, nem dos Vereadores que o mesmo afirmou seu apoio para as próximas eleições, imagine quando passar 07 de outubro, tendo sido eleito o novo Prefeito ou Prefeita no nosso município, vai ser um fim melancólico para quem teve os nove Vereadores ao seu lado e uma maioria inquestionável nas urnas. Vivendo e aprendendo com os homens, principalmente quando se trata de coisa pública...Todos querem os bônus mais nínguem quer assumir os ônus.


segunda-feira, 25 de junho de 2012

Prefeito acuado pelo candidato do seu sistema, pois não aceita discutir outro nome para vice-prefeito, ou engole o candidato de Joci e fica desmoralizado politicamente ou fica neutro.

Acaba de chegar a informação de que o Candidato da Situação Josifran Lins de Medeiros bateu o martelo e confirmou nunhma reunião do sistema que o Candidato a Vice-Prefeito de sua chapa seria o Filho do Ex-Prefeito Ademar Rodrigues de Araújo, que não aceitava imposição de nínguem, muito menos do Senhor Prefeito Municipal que queria a todo custo apoiado pelos Vereadores do Sistema indicar outro candidato, mais uma vez a reunião terminou e dessa vez sem uma nova data marcada, já que os Vereadores e o Senhor Prefeito não tem forças suficientes para indicar outro candidato, portanto, vão ter de engolir o Candidato imposto isoladamente pelo Joci e ponto final.
Segundo o informante, as coisas ficaram quentes e muitas ameaças foram ditas, como à não participação do grupo na próxima campanha, muito menos o Prefeito vai usar a Prefeitura para apoiar um candidato que ele e os Vereadores não tem afinidades politicas, pois a grande preocupação  deles é quanto ao futuro do candidato Joci, sabedores que são que o mesmo tem contra si muitos processos na Justiça Estadual e Federal, podendo ser cassado a qualquer momento e nesse caso o substituto natural do Prefeito seria o Vice-Prefeito. Essa é a grande questão dos seguidores do Prefeito, pois São Vicente voltava pra mãos do Ex-Prefeito Ademar e seu grupo, isso eles não admite públicamente, mais é a grande verdade.
Outro dilema que o candidato Joci passa é que apesar de contar com a maioria dos Vereadores atuais, conjuntamente com o Prefeito, ele não demonstra qualquer consideração pela união do grupo, quando se trata de dividir as responsabilidades da próxima administração, pois a grande pergunta que eles fazem nesse momento, se o Candidato trata eles assim precisando de votos, imagine se for eleito qual vai ser o papel do atual Prefeito e seus seguidores na futura administração?, isso é um problema a ser debatido.