sexta-feira, 13 de julho de 2012

Pronto, a bomba foi lançada e se encontra nas mãos do Juiz e Promotor Publico da nossa Comarca, que tem o Poder de explodir ou não, mais os atos e os fatos foram praticados de forma ilícitas, com o intuito de levar vantagens nas próximas eleições, já que era do conhecimentos dos responsáveis pela coligação do Poder. Não deixando outra alternativa se não buscar a Justiça para coibir esses atos. Fica a critério dos acusados a responsabilidade de divulgar ou não a peça acusatória, já que vão ser citados para prestar esclarecimentos.

Os fatos foram levantados e provados através de documentos públicos, como vinha dizendo, a ganância pelo Poder é tão grande que se esqueceram da Lei, sem ela toda Coligação pode desaparecer. Essa é a grande notícia do momento que a Coligação “A MUDANÇA DEPENDE DE VOCÊ” busca na Justiça, não por medo, mais por respeita a Lei e a Coisa Pública.

Sabemos que a vontade é que constitui a substância do ato jurídico e essa vontade se exterioriza através de uma manifestação, que deve corresponder à vontade real do agente. Essa vontade, que representa o elemento essencial de todo ato jurídico, pode ser maculada por certos vícios a ponto de esta manifestação não corresponder à vontade real do agente. Quando isso ocorre, o vício atinge o ato jurídico e o torna anulável”.


“Noutras circunstâncias a manifestação da vontade encobre uma intenção diferente, que visa a prejudicar o direito de alguém, ou fugir às prescrições da lei. Em tais casos a vontade fica juridicamente viciada, porque a boa-fé e a honestidade são pressupostos de uma vontade real, no sentido jurídico da expressão. Também neste caso o vício atinge os atos jurídicos, tornando-os anuláveis

Como as pessoas são usadas inocentemente, eu não tenho nada contra quem quer que seja, simplesmente defendo São Vicente de pessoas como o Prefeito que acusei e provei que o mesmo é no mínimo incapaz, pois foi cassado e condenado por Improbidade Administrativa e só tá no cargo por força de uma Ação que se chama - RECURSO. Já quanto essa ação que os senhores colocaram contra mim, não se preocupem, pois essa denuncia eu já tinha feito a muito tempo a PROMOTORIA PÚBLICA de Florânia, para apurar possíveis desvios de Recursos Públicos, e para quem não sabe de nada como o Bloqueiro o Tejo, eu sou pago para fiscalizar e denunciar quem Rouba ou ajuda a Roubar o Dinheiro Público, essa é a função de um Vereador, portanto, tenho dito, quem quer o alheio finda sem nada, e quem é amigo não custa nada avisar, esse assunto vai terminar no colo do Prefeito cassado por Desvio de Recursos Públicos.

Prestadores de serviço do município de São Vicente entram com Ação Judicial contra o vereador Zé Vander

Para quem noticiava em seu blog que nesta sexta-feira (13) tinha uma bomba para ser revelada foi pego de surpresa com intimação do ministério público para provar as acusações que fez no mês de maio de 2012 a senhores de nossa comunidade.

O vereador Zé Vander distribuiu na cidade e, inclusive, na Sinuca, um documento contendo várias dispensas de Licitação da Prefeitura de São Vicente, destinadas à contratação de prestadores de serviço de Solda, Borracharia e Confecção de Chaves. Tomando conhecimento e sentindo que pode ter havido danos morais, esses prestadores de serviço entraram com três ações judiciais individuais na Comarca de Florânia contra o vereador.

De acordo com os processos protocolados no Fórum, as audiências estão marcadas para o dia 19 de julho, no Juizado Especial Cível de Florânia e, segundo os mesmos processos, se os prestadores de serviço ganharem a causa, cada um receberá 24 mil e 880 reais, como indenização por danos morais.
                                 Resposta ao blog do Tejo, só para ele entender o que é coisa pública, já que ele pretende ser Candidato a Vereador:

Art. 37. A administração pública direta, indireta ou fundacional, de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 5/6/98.)
A publicidade dos atos administrativos é feita tanto na esfera federal (através do Diário Oficial Federal) como na estadual (através do Diário Oficial Estadual) ou municipal (através do Diário Oficial do Município). Nos Municípios, se não houver o Diário Oficial Municipal, a publicidade poderá ser feita através dos jornais de grande circulação ou afixada em locais conhecidos e determinados pela Administração.
Para quem possa interessar e tem boa fé na coisa certa, os atos públicos já são por si só públicos, veja três coisas:
1 – Tem como divulgar um ato ou contrato que já é Público;
2 – Quem tem a obrigação da divulgação dos atos e contratos;
3 – Qual a função de um Vereador: Segundo a Lei:
  A função fiscalizadora do vereador não se restringe apenas em fiscalizar as matérias de ordem orçamentárias e financeiras. Os vereadores, a qualquer momento, podem solicitar informações do executivo sobre assuntos referentes à Administração, bem como criar Comissões Especiais e Comissões Parlamentares de Inquérito, requerer cópias de documentos, convocar secretários e servidores públicos para prestar informações no Plenário da Câmara e ainda apreciar as contas municipais, entre outras providências.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Amanhã divulgo o conteúdo da Bomba, pode esperar que é quente....O poder vai tê que se explicar...


A bomba foi lançada, podem esperar que tenha fundamento e base legal, os donos do Poder que fique preocupado, pois essa bomba não é dirigida ao povo mais carentes e humildes da nossa cidade.
Ela tem endereço certo e só vai explodir na mão de quem merece, pois depende do Promotor de Justiça quando aceitar ou não as denúncias ali levantadas....Vamos esperar o que vai acontecer...Estou trabalhando em prol de São Vicente, pois não consigo vê São Vicente mudar com as mesmas pessoas no Poder, tudo vai continuar como está...Você tem dúvida..


A Verdade em primeiro lugar, o resto o tempo toma conta...

Porque estou publicando essa imagem de três crianças inocentes com uma mensagem tão significativa, de paz, alegria e conforto, é para demonstrar que eu vivo com essas referencias, apesar dos muitos embates políticos na minha cidade, pois conviver com pessoas que não tem compromissos com nossa comunidade é muito difícil, tendo em vista os interesses de cada um. O meu já foi decidido a muito tempo, quando tomei a iniciativa de ser um representante do povo, mesmo que para isso encontrasse muitos obstáculos, inveja e jogo sujo, mim jogando contra as pessoas mais carentes, sem nenhuma informação do que acontece realmente com nossa cidade, isso é incrível, estou preparado para mais uma campanha política, aonde a verdade vai prevalecer sobre a mentira.
Fiquei sabendo que os blogs da região vão publicar que o Vereador José Vander é o mais Rico dos Candidatos do Seridó, isso é uma tremenda mentira, simplesmente eu declaro o que tenho, pois sou Funcionário Público Federal e desde inicio da minha carreira que faço Imposto de Renda, portanto, não tenho Laranjas nem bens em nome de terceiros, isso é a verdade.
Quanto ao meu patrimônio eu só posso dizer que nunca fui Prefeito nem tive dinheiro Público em minhas mãos, tudo que tenho está declarado é fruto do meu trabalho, por isso que mereço confiança dos meus verdadeiros amigos, que convive comigo o dia a dia e sabe quem eu sou, o resto, não posso fazer nada... Paciência... Pois a Justiça está ao meu lado.... Sou ficha limpa.... Pode tê certeza.....


Fazer o bem, sempre traz vantagens, veja esse exemplo...

Mãe se diz orgulhosa de filho que devolveu R$ 20 mil à polícia

Morador de rua que encontrou dinheiro roubado é da cidade de Arari (MA).
Dona Maria ficou emocionada ao saber do filho que não via há 16 anos.

Um exemplo de honestidade. Durante esta semana, um casal de moradores de rua encontrou R$ 20 mil roubados de um restaurante em São Paulo. O homem, que junto a esposa devolveu a quantia à polícia, contou que se lembrou da mãe ao decidir retornar o dinheiro. Em entrevista ao JMTV 1ª Edição, Maria Ferreira Santos, mãe do morador de rua, se diz orgulhosa da atitude do filho e conta que espera vê-lo novamente.
Rejaniel de Jesus Silva Santos é de Arari, cidade maranhense com pouco mais de 30 mil habitantes, conhecida pelo fenômeno da Pororoca, que toma conta das águas do Rio Mearim. Nesta semana, no entanto, a cidade chamou atenção do Brasil por causa de um bom exemplo de honestidade.
Rejaniel, de 36 anos, é morador de rua e mora com a companheira debaixo de um viaduto na zona leste da capital paulista, onde sobrevivia catando papéis. Ele conta que, apesar de passar por necessidades, devolveu o dinheiro, pois se lembrou de um ensinamento de sua mãe: nunca ficar com coisas que não lhe pertencem.
Orgulho e emoção
A mãe adotiva de Rejaniel, Maria Ferreira dos Santos, ainda mora em Arari, cidade localizada a 155 quilômetros da capital maranhense. Dona Maria nunca teve nenhum filho biológico, mas adotou seis crianças, entre elas, Rejaniel. “A mãe dele, antes de falecer, me pediu para cuidar do filho como se fosse meu”, conta dona Maria. Na época, Rejaniel ainda era uma criança de apenas cinco anos de idade. O jovem morou em Arari até seus 21 anos, quando tomou a decisão de sair do Maranhão e, com o sonho de melhorar de vida, arrumou as malas, escolhendo a cidade de São Paulo como destino.
Apesar do sonho, Rejaniel acabou virando morador de rua e catador de papel, ocupação que mudou após os acontecimentos desta semana. Depois de devolver o dinheiro encontrado no lixo, Rejaniel e sua companheira ganharam empregos no restaurante de onde a quantia havia sido roubada.
Ao ver o filho na televisão e tomar conhecimento de sua ação, dona Maria se emocionou. “Fiquei muito feliz ao vê-lo. Pensava que ele tinha morrido, mas não tinha certeza. Sempre orei muito e sabia que Deus estaria com ele. Estou muito orgulhosa e desejo a ele tudo de bom”, conta a mãe, que fez, ainda, um apelo a Rejaniel: “Você me falou que um dia voltaria aqui e eu vou esperar por você. Deus irá manter a minha vida até o dia que você aparecer aqui, para me dar esta alegria”.
Em Arari, Rejaniel virou motivo de orgulho e dona Maria Ferreira, uma celebridade, recebendo elogios por todos os cantos. “Este rapaz daqui está provando que ainda existem pessoas honestas, mesmo morando nas ruas, passando por dificuldades”, comentou com orgulho o agente de saúde Florentino Correia, também morador de Arari. O exemplo também já inspira as crianças da cidade, que afirmam, entusiasmadas, que em situação parecida, tomariam a mesma atitude de Rejaniel Santos.


Quanto vale uma vida, a policia precisa melhorar na prevenção.

Professor da UERN foi morto por R$ 90,00, dois celulares e um relógio
Por Sayonara Amorim, da Gazeta do Oeste

Tudo esclarecido. Os detalhes da morte do professor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) Carlos Magno Viana Fonseca, ocorrida na noite do dia 20 de novembro do ano passado no Sítio Lagoa de Dentro, zona rural de Doutor Severiano, foram divulgados na manhã de desta quinta-feira (12), na sede da Divisão de Polícia do Oeste (DIVIPOE), em Mossoró. De acordo com o delegado regional de Pau dos Ferros Inácio Rodrigues, responsável pela investigação do caso, o professor foi morto por R$ 90,00, dois aparelhos de telefone celular e um relógio de pulso.

Inácio Rodrigues concedeu entrevista coletiva e na oportunidade apresentou à imprensa os dois autores do crime que já estão presos: Francisco Rafael Leite Mendes, 21 anos, natural da cidade de Encanto-RN, e Ivan Bueno de Souza Júnior, 18 anos, natural de Doutor Severiano-RN. O terceiro envolvido diretamente no latrocínio também já está preso e foi localizado pela polícia do Rio Grande do Norte com o auxílio da polícia de São Paulo, trata-se de Elias Tibúrcio Rodrigues, que está detido na cidade de Santa Bárbara do Oeste-SP.

Segundo Inácio Rodrigues, Elias será transferido para Mossoró na próxima segunda-feira. A escolta do preso será acompanhada pelo delegado titular da Divipoe de Mossoró, Oldilon Teodósio. Rafael e Júnior confessaram participação no crime, porém, ficaram jogando a responsabilidade sobre quem atirou no professor um para o outro. Mas, de acordo com Inácio Rodrigues o autor do disparo que atingiu o olho do professor Carlos Magno foi Rafael. A arma usada foi um revólver calibre 38, que já foi apreendido pela polícia.
 

 

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Na politica é tudo muito rápido, cada um segue seu rumo.

É uma página virada, diz Sarney após cassação de Demóstenes
 
O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse nesta quarta-feira que a cassação de Demóstenes Torres (sem partido-GO) é uma "página virada".
O senador de Goiás foi cassado por 56 votos a favor e 19 contrários no plenário do Senado, sendo o segundo na história a perder o mandato por decisão dos colegas --antes dele, Luiz Estevão foi cassado em 2000.
Para o presidente da Casa, a decisão do plenário revela a "maturidade" dos parlamentares. "Cumprimos os ritos que o regimento determina. A sessão demonstrou o amadurecimento do Senado para analisar provas e tomar sua decisão", disse o presidente do Senado.
Segundo Sarney, a votação pela cassação de Demóstenes foi rápida por que os parlamentares já estavam com a opinião formada. A sessão que cassou Demóstenes durou pouco mais de três horas.
"Todos tiveram a oportunidade de ver o processo e decidir conforme suas convicções. É uma página virada no Senado e agora permanece a comissão de inquérito, que é uma questão do Congresso e vai tomar seu rumo e nós vamos continuar nosso trabalho", afirmou Sarney.


Chegou ao fim mais um politico que não respeitou o mandato.

Demóstenes Torres é cassado pelo plenário do Senado Federal
 (Bruno Peres/CB/D.A Press)


O senador Demóstenes Torres acaba de ser cassado pelo plenário do Senado Federal. A votação secreta que durou cerca de três horas, começou às 10h15 desta quarta-feira (11/7) e definiu o destino do agora ex-senador. Cinquenta e seis senadores, dos 80 presentes, aprovaram a cassação. Cinco votos foram em branco. Para que o parlamentar goiano perdesse o mandato eram necessários pelo menos 41 votos dos 81 senadores da casa. O único parlamentar ausente foi o senador Clovis Fecury, que está de licença.

O ex-parlamentar foi cassado após acusações de envolvimento com o grupo do bicheiro Carlinhos Cachoeira. As denúncias surgiram há cerca de 132 dias, e desde então, Demóstenes perdeu força política e por fim o mandato. Durante o período que tentou se defender das acusações, o parlamentar chegou a pedir desculpas a cada um de seus colegas e disse ser vítima de um processo de difamação causado pelo vazamento de conversas gravadas pela Polícia Federal durante as operações Vegas e Monte Carlo. Os argumentos não convenceram nem a opinião pública e nem os demais senadores.

Demóstenes ficará inelegível por oito anos, contados a partir do fim do mandato para o qual havia sido eleito. Desta maneira, só poderá concorrer a um cargo político em 2027. No lugar dele, assume o suplente Wilder Pedro de Morais, secretário de Infraestrutura do governo de Goiás. Wilder, que é filiado ao DEM, está em viagem de férias com a mãe e os dois filhos e só retorna ao trabalho em 20 de julho.
 
 

Cumpriu sua missão, o símbolo da paz pousou no seu caixão, foi emocionante.

Pomba branca pousa sobre caixão de D. Eugenio durante velório e emociona público
 
 (Divulgação)
O corpo do cardeal Dom Eugênio Sales está sendo velado durante esta terça-feira na Catedral Metropolitana, no centro do Rio de Janeiro. De acordo com a Arquidiocese, o arcebispo está sendo homenageado com missas a cada duas horas. O corpo dele chegou à igreja trazido pelo caminhão do corpo de bombeiros e coberto pela bandeira do Brasil.

Ao chegar recebeu uma salva de palmas dos fiéis que participavam da cerimônia religiosa. Uma pomba branca, símbolo da paz também foi lançada ao ar durante a chegada do corpo, mas pouco tempo depois acabou pousando sobre o caixão que já estava dentro da catedral. A pomba permaneceu ao lado do corpo cerca de 40 minutos, emocionando fiéis e os bispos auxiliares da Arquidiocese do Rio que também estavam no local.

Dom Eugenio morreu aos 91 anos, de causas naturais na noite desta segunda-feira, por volta das 23h, na Residência Assunção, na zona norte da cidade. Segundo a Arquidiocese, nos últimos dias, a rotina de Dom Eugênio, que não possuía nenhuma enfermidade grave, limitava-se entre o quarto e o gabinete, onde lia jornais e assistia à TV.

Natural de Acari, no Rio Grande do Norte, Dom Eugenio chegou a ter o nome cogitado entre os candidatos a papa, depois da morte de João Paulo I.
 
 

terça-feira, 10 de julho de 2012

Tem um ditado popular que diz, "Quem quer tudo pra si, termina sem nada".

Vamos ter novidade na política de São Vicente, tudo pode acontecer, principalmente quando se trata de cumprir a Lei, pois tem coisa nesse mundo que o dinheiro não compra, muito menos voltar o tempo, mais essa bomba tem dia e hora para explodir, vamos aguardar com muita paciência o dia 13 de julho, que por sinal é uma sexta feira 13, pra muitos um dia de azar, já pra outros pode ser de comemoração. 

Essa bomba vai estourar no colo de quem acha que está acima da Lei, não respeita o mais simples dos fundamentos da humanidade, quer tudo pra eles e o povo as filas do posto de Saúde; agiotagem; cheque sem fundo; salários atrassados; sem crédito no comércio; os descaminhos dos recursos públicos, como a ladeira da Serra de Santana; Passagem Molhada do Torrão; O Ginásio de Esporte Metódão; Condenação do Prefeito por Improbidade Administrativa; A Falta de Remédio para os mais Carentes; para os Vereadores que passaram todo mandato concordando com tudo de ruim que o povo passou nesses 42 meses; pela falta de respeito aos Professores que tiveram de brigar para conseguir seus Direitos; pela venda das contas dos funcionários a Caixa Econômica Federal e até hoje não sabemos porque e onde foi parar o dinheiro; pelos descontos nos salários dos funcionários do INSS e não foi repassado ao órgão e até hoje não sabemos porque e pela Lei criada pelos Vereadores do Poder da Taxa de Iluminação Pública debitada todo mês nas contas do nosso povo, por tudo isso e muito mais que não sabemos, mais que cada um que sofrem na pele na hora que precisam, essa bomba é bem vinda, que seja feita Justiça...Vereador José Vander.... 

Não Para de chegar denúncia da turma do Poder, eles não perdem uma, depois de 42 meses eles querem fazer tudo para o povo esquecer que não fizeram nada. Isso é uma vergonha....


Fica muito difícil trabalhar nunhma cidade onde não há transparência pública, principalmente quando os políticos se acham dono dos recursos públicos, faz o que quer e com quem quer, não respeita ninguém, simplesmente trata as pessoas como objetos, veja as casas que estão construindo na zona rural, onde estão pagando pouco mais de R$ 1.000,00 para a construção das mesmas, veja a construção dos postos de saúde na zona rural, a firma que está construindo é a mesma em outras obras, por falta de gente ou por interesse próprio, simplesmente pára a obra e agora chega a denúncia das reformas das casas que o candidato do sistema anda oferecendo de casa em casa, como os banheiros públicos que estão chegando e segundo as informações foi entregue a um parente próximo de um Vereador, isso é querer manchar as próximas eleições, vamos jogar limpo e tratar as pessoas como gente, não como objetos que vocês podem comprar em época de eleição. O ministério Público está sabendo e vai tirar a limpo essa denúncia, espero que não passe de mais uma denúncia dessa turma do Prefeito.


Seria uma boa idéia do Ministério Público fiscalizar o que acontece aqui em São Vicente que os Médicos só atende através de fichas, quando o Governo Federal manda todo mês R$ 31.500,00 para contratação de médicos pelo "PSF", pois as filas de madrugadas é uma vergonha para os gestores do nosso município.

MP instaura inquérito para fiscalizar o cumprimento da carga horária dos médicos do Deoclécio Marques

O Ministério Público Estadual, através da 4ª Promotoria de Justiça da Comarca de Parnamirim, com atribuições na Defesa da Saúde, instaurou o inquérito civil público nº 059/2012, com o objetivo de fiscalizar o cumprimento de carga horária dos médicos ortopedistas e anestesiologistas que atuam com vínculo estatutário e de cooperado no Hospital Regional Deoclécio Marques de Lucena, especialmente daqueles que possuem duplo vínculo. A informação foi publicada no Diário Oficial do Estado, na edição desta terça-feira (10).Segundo o MP, é de conhecimento da 4ª Promotoria de Justiça que o hospital Deoclécio Marques possui em seus quadros médicos ortopedistas e anestesiologistas vinculados à Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte e à Cooperativa dos Médicos Anestesiologistas do Estado do Rio Grande do Norte, e afirma ser comum o funcionário médico cooperado também ser servidor estadual.
A fiscalização dos profissionais que tenham duplo vínculo (médico e servidor cooperado ao mesmo tempo), no que diz respeito ao acompanhamento do cumprimento de suas escalas no horário devido e respeitando a carga horária estatutária, deveria ser realizada pela direção de cada hospital, a qual é responsável pela fiscalização do fiel cumprimento dos contratos por parte dos prestadores contratados, devendo realizar o controle das escalas dos médicos e apontar eventuais irregularidades decorrentes da existência de duplo vínculo.
Mas as cooperativas médicas que fornecem mão de obra médica aos hospitais do Rio Grande do Norte, dentre os quais o Hospital Regional Deoclécio Marques Lucena, não estão enviando as escalas de plantão para a COHUR, apesar de haver cláusula nesse sentido nos contratos firmados, dificultando a fiscalização do regular cumprimento das cargas horárias.
 
 
Publicidade

Parabéns a Policia Militar, só assim teremos mais segurança...

Trio acusado de assalto aos Correios em cidade do RN é morto pela polícia
Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR

Um trio acusado de assaltar a agência dos Correios de Sítio Novo, situado a 99 KM de Natal, durante a manhã dessa segunda-feira ( 09 ), acabou morto após um confronto com agentes da DEFUR ( Delegacia de Furtos e Roubos ) da cidade de Natal. Os assaltantes foram surpreendidos pela polícia, que realizava monitoramento do trio, próximo a uma comunidade conhecida como Canto de Moça, zona rural da cidade de Ielmo Marinho.
 (Degepol/Divulgação)

O trio foi identificado como José Ricardo Andrade de Lima, de 27 anos, mais conhecido como “Pedro Sena”; Francisco Márcio de Oliveira Medeiros, 28 anos; e Valdir Rogério. Com eles foram encontrados um malote dos Correios contendo R$ 6 mil, além de duas pistolas ponto 40 e 45 de uso restrito. Os bandidos estavam dois carros, sendo um Pálio de cor preta e outro do tipo Honda Civic de cor Cinza, que também foram apreendidos.

Os detalhes da operação foram divulgados através de coletiva de imprensa na Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol), na manhã dessa terça-feira (10). De acordo com delegado titular da DEFUR, Atanásio Gomes, os bandidos faziam parte de uma quadrilha que vem praticando assaltos em várias agências dos Correios em cidades do Rio Grande do Norte, além de outros assaltos a caixas eletrônicos e residências. “Pelo menos outros quatro integrantes do bando estão foragidos”, revelou.

A ação é fruto de uma investigação que vem sendo feita pela DEFUR há cerca de três meses. No final da manhã de ontem, os policiais tomaram conhecimento do assalto aos Correios de Sítio Novo e saíram em diligências no sentido de localizar os bandidos. No momento da abordagem o trio reagiu e passou a efetuar disparos contra os policiais que reagiram. Após atingidos, os bandidos chegaram a ser socorridos, mas vieram à óbito no hospital.

Um dos foragidos foi identificado pela polícia como sendo Ricardo Alexandre de Souza, mais conhecido como “Pé de Gia”. Segundo Atanásio, o trio morto em confronto já respondia a processos criminais e inclusive é suspeito de ter praticado a explosão de um caixa eletrônico em São José de Mipibu na semana passada. “Trata-se de um grupo muito perigoso que vinha causando terror tanto na capital como no interior do estado”, disse.

O Delegado Geral da Polícia Civil, Fábio Rogério Silva, comemorou o resultado da ação e elogiou o desempenho dos policiais da DEFUR. “Tivemos um resultado muito bom graças a determinação e o esforço dos policiais que vinham investigando essa quadrilha, e tenho convicção de que nos próximos dias outros conseguiremos prender os outros integrantes do bando”, pontuou.
 
 

Quem comete erro na Politica e depende da Justiça ela sempre chega, demora mais chega com força de Lei.

Cassação será definida amanhã

O senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) terá o futuro parlamentar decidido em plenário amanhã. Se os senadores acataram as recomendações da Comissão de Ética, Demóstenes vai perder o mandato, após atuar por nove anos seguidos no Senado. Ele é acusado de quebra de decoro parlamentar pela suspeita de ter utilizado o mandato para beneficiar os negócios do contraventor Carlinhos Cachoeira. Demóstenes terá sua sorte lançada aos colegas senadores, que vão decidir por meio do voto secreto se ele terá ou não o mandato cassado.
Pedro FrançaDemóstenes discursa no plenário do Senado e insiste que não há provas para justificar a cassaçãoDemóstenes discursa no plenário do Senado e insiste que não há provas para justificar a cassação

Caso tenha a cassação aprovada, Demóstenes Torres terá seus direitos políticos suspensos por oito anos a contar do fim de seu mandato parlamentar, que encerraria em 2019. Se isto ocorrer, Demóstenes só poderá voltar a disputar eleições a partir de 2027, quando tiver 66 anos. Outra consequência é que, sem o mandato de senador, ele deixa de ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal.
Num último apelo, a defesa de Demóstenes preparou um memorando com os principais pontos da defesa. O material será distribuído nos gabinetes dos senadores no começo da semana. O advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, com trânsito no meio político, pretende entregar o material em mãos para alguns colegas do cliente. "Eu estou conversando com vários senadores. Para uns 40, pelo menos, eu faço questão de entregar o material em mãos", afirmou Kakay.
A sessão que vai decidir sobre a cassação está marcada para as 10h de amanhã. Durante a sessão, Demóstenes terá 20 minutos para se defender na tribuna. Para que a cassação seja aprovada, é preciso o voto favorável de 41 dos 81 senadores.


Essa publicação tem a finalidade para que cada eleitor entenda o processo eleitoral desde o registro das candidaturas ao dia do voto.


SITUAÇÕES DE REGISTROS DE CANDIDATURAS

1. CADASTRADO
Situação inicial de todos os pedidos de registro recebidos no Sistema de Candidaturas.
. Aguardando julgamento - Candidato cujo pedido ainda não foi julgado.
2. INAPTO
Candidato sem habilitação para ser votados na urna eletrônica. Caso o eleitor digite o número de um candidato inapto, o voto será nulo.
. Cancelado - Candidato que teve seu registro da candidatura cancelado pelo partido.
. Cassado - Candidato que teve o seu registro cassado.
. Falecido - Candidato com registro cancelado assim que conhecido o fato pelo juízo eleitoral (Res. TSE 23.373 art. 70).
. Indeferido - Candidato que não reuniu as condições necessárias ao registro.
. Não conhecimento do pedido - Candidato cujo pedido de registro não foi apreciado pelo juiz eleitoral.
. Renúncia - Candidato cujo pedido de registro não foi apreciado pelo juiz eleitoral.
3. APTO
Candidato habilitado para ser votado na urna eletrônica.
. Deferido - Candidato regular, com dados e documentação completos, já apreciados pelo juiz eleitoral.
. Deferido com recurso - Candidato julgado regular e deferido; no entanto, houve interposição de recurso contra essa decisão e aguarda julgamento por instância superior.
. Substituto majoritário pendente de julgamento - Candidato substituto que ainda aguarda julgamento.
. Indeferido com recurso - Candidato julgado não regular por não atender as condições necessárias para o deferimento do registro, que interpôs recurso contra essa decisão e aguarda julgamento por instância superior
. Cassado com recurso - Candidato que teve o seu registro cassado e que interpôs recurso contra essa decisão e aguarda decisão.
ATRIBUTOS
. Com impugnação - pedido de registro foi impugnado por candidato, partido, coligação ou pelo Ministério Público (Res. TSE 23.373 art. 40).
. Com notícia de inelegibilidade - pedido de registro sofreu notícia de inelegibilidade por qualquer cidadão (Res. TSE 23.373 art. 44).
NOTAS - Res. TSE 23.372
art. 135. Serão válidos apenas os votos dados a candidato regularmente inscritos e às legendas partidárias (Lei 9.504/97 art. 5º)
art. 136. Serão nulos, para todos os efeitos, inclusive para a legenda:
I - os votos dados a candidatos inelegíveis ou não registrados (Código Eleitoral, art. 175, § 3º, e Lei nº 9.504/97, art. 16-A);
II - os votos dados a candidatos com o registro cassado, ainda que o respectivo recurso esteja pendente de apreciação;
III - os votos dados à legenda de partido considerado inapto.
Parágrafo único. A validade dos votos dados a candidato cujo registro esteja pendente de decisão, assim como o seu cômputo para o respectivo partido ou coligação, ficará condicionada ao deferimento do registro (Lei nº 9.504/97, art. 16-A).




O que se comenta na cidade: É muito Lins para uma cidade só, parece que só tem eles, os outros só serve para votar neles, só basta perguntar ao sistema do Prefeito, pois ele e seus Vereadores não tiveram forças nem para indicar o Vice, o que esperar?

Familiares de Joci Lins também vão disputar a Câmara – Publicada no Blog de Marcos Dantas do dia 09/07/12
Na 21ª Zona Eleitoral, a coligação “Por Amor a São Vicente” terá 15 candidatos a Câmara Municipal. Todos os cinco vereadores do sistema disputarão à reeleição: Iracema Pereira (PMDB), João de Severo (PMDB), Neguinho Gabriel (PR), Neto de Cristina (PSB) e Tico Malaquias (PMDB), que preside a Câmara.
Familiares do ex-prefeito Joci Lins (PMDB), que encabeça a chapa, também registraram candidaturas a vereador. No caso, o ex-vereador Francisco Lins (PSB), pai do candidato e o blogueiro José Gabriel Neto, o Tejo (PMDB), cunhado de Joci Lins, também vai disputar a Câmara. O vice da chapa, Andreazza Fernandes (PMDB) é filho do ex-prefeito Ademar Rodrigues (PMDB) e é casado com a irmã de Joci Lins. A família Lins tem tradição na política de São Vicente. 
A grande pergunta que se faz em São Vicente é se o candidato Joci for eleito e tiver seus direitos políticos suspensos, o que acontece? Estou publicando uma decisão judicial para que cada um tire suas dúvidas, para o bem da Verdade e de São Vicente.
“Diplomação. Prefeito. Superveniente suspensão dos direitos políticos. 1. Não pode ser diplomado o candidato eleito que, à data da diplomação, estiver com os seus direitos políticos suspensos, conforme precedentes deste Tribunal. 2. A superveniente suspensão dos direitos políticos, em virtude do trânsito em julgado de sentença condenatória em ação civil pública, impede a posterior diplomação, pela incompatibilidade a que se refere o art. 262, I, do Código Eleitoral. Agravos regimentais não providos.”

Prestação de serviço. Esse é o prazo da LEI.




                             Calendário eleitoral - Eleições 2012.

  JULHO - SEXTA-FEIRA, 13.7.2012.


  1. Último dia para a Justiça Eleitoral encaminhar à Receita Federal os dados dos candidatos cujos pedidos de registro tenham sido requeridos pelos próprios candidatos para efeito de emissão do número de inscrição no CNPJ (Lei nº 9.504/1997, art. 22-A, § 1º c.c. art. 11, § 4º).
  2. Último dia para os partidos políticos constituírem os comitês financeiros, observado o prazo de 10 dias úteis após a escolha de seus candidatos em convenção (Lei nº 9.504/1997, art. 19, caput).
  3. Último dia para a Justiça Eleitoral publicar lista/edital dos pedidos de registro individual de candidatos, escolhidos em convenção, cujos partidos políticos ou coligações não os tenham requerido (Código Eleitoral, art. 97 e Lei nº 9.504/1997, art. 11, § 4º).
  4. Último dia para qualquer candidato, partido político, coligação ou o Ministério Público Eleitoral impugnar os pedidos de registro de candidatos apresentados pelos partidos políticos ou coligação (Lei Complementar nº 64/1990, art. 3º).
  5. Último dia para qualquer cidadão no gozo de seus direitos políticos dar ao juízo eleitoral notícia de inelegibilidade que recaia em candidato com pedido de registro apresentado pelo partido político ou coligação. 


A Lei eleitoral é rígida e tem seus prazos, não precisa correr, simplesmente cumprir.

Cartórios Eleitorais publicam relação de pedidos de registro de candidatura

Alguns dos 69 (sessenta e nove) cartórios eleitorais do Estado do Rio Grande do Norte publicaram no Diário da Justiça eletrônico - DJe deste domingo (08) as relações de requerimentos de registros de candidatura para as Eleições Municipais de 2012.

De acordo com a Lei dos Partidos Políticos, a partir da publicação do pedido de registro de candidatura, qualquer candidato, partido político, coligação ou, ainda, o Ministério Público Eleitoral, poderá impugná-lo, em petição fundamentada, em um prazo de 05 (cinco) dias. Na mesma forma e prazo, qualquer cidadão no gozo de seus direitos políticos poderá dar notícia de inelegibilidade ao Juízo eleitoral competente, nos termos do art. 44 da Resolução n.º 23.373, do Tribunal Superior Eleitoral. O DJe pode ser acessado por meio de link disponível na página do TRE/RN (http://www.tre-rn.gov.br/).


Agora é Lei, roubar e esconder dá cadeia.

Dilma sanciona lei que reforça combate à lavagem de dinheiro

Ocultação da origem de dinheiro obtido por qualquer crime será punível.
Proposta tramitava desde 2003 no Congresso.

Do G1, em São Paulo
A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta segunda-feira (9) a lei que visa reforçar o combate ao crime de lavagem de dinheiro, artifício que consiste em tentar esconder a origem de bens ou quantias obtidos de forma ilegal. O jogo do bicho e a exploração de máquinas caça níqueis, por exemplo, estão enquadrados na nova lei. As informações são do Ministério da Justiça.
Apresentado em 2003 no Senado, o projeto foi aprovado com alterações na Câmara em outubro do ano passado e analisado novamente pelos senadores no mês passado. A sanção deve ser publicada nesta terça-feira (10) no Diário Oficial.

Uma das principais inovações é a previsão de que recursos obtidos por meio de qualquer infração penal e ocultados serão considerados ilegais. Hoje, somente é considerada lavagem de dinheiro a ocultação de dinheiro oriundo de oito tipos de crimes (tráfico de entorpecentes, contrabrando de armas, terrorismo, extorsão mediante sequestro, praticados por organização criminosa, contra a administração pública nacional ou estrangeira, e contra o sistema financeiro).
A lavagem ocorre, por exemplo, quando um traficante de drogas faz transações bancárias ou operações de compra e venda de bens com o dinheiro obtido da venda de entorpecentes tentando passar a impressão de que o recurso teve origem legal. Agora, qualquer pessoa que se utilize desses meios para esconder dinheiro obtido ilegalmente pode ser punida também por lavagem, além do crime pelo qual obteve o recurso.



 

O exemplo a seguir produz efeito imediato.

Moradores de rua que acharam R$ 20 mil ganham proposta de emprego

Dono de restaurante furtado em SP convidou casal para trabalho.
'Eu me lembrei que sou gente', disse homem ao ganhar refeição.

Paulo Toledo Piza Do G1 SP
Casal recebe refeição em restaurante da Zona Leste de SP (Foto: Paulo Toledo Piza/G1)Casal recebe refeição em restaurante da Zona Leste de SP (Foto: Paulo Toledo Piza/G1)
Os proprietários do restaurante japonês que foi furtado na madrugada desta segunda-feira (9) ofereceram emprego para o casal de moradores de rua que encontrou, e devolveu, os R$ 20 mil levados pelos ladrões. O crime aconteceu no Tatuapé, na Zona Leste de São Paulo.

O casal estava sob um viaduto da Radial Leste quando ouviu o alarme de uma empresa de ferragens disparar. Em seguida, os dois foram verificar do que se tratava e encontraram um malote e um saco plástico de lixo repletos de dinheiro. Eram cerca de R$ 17 mil em notas e R$ 3 mil em moedas. De posse do dinheiro, os moradores de rua procuraram um segurança da empresa e pediram para ele chamar a Polícia Militar.
Um dos sócios do restaurante invadido, Miguel Kikuchi, de 42 anos, disse não ter acreditado quando a polícia ligou e o informou que o dinheiro havia sido encontrado e devolvido. “Pensei que era trote”, afirmou. “É inimaginável que alguém faria uma coisa dessas. Difícil de acreditar.”
Comovidos, os proprietários fizeram duas propostas: bancar a viagem dos dois para o Maranhão ou para o Paraná, onde cada um tem família, ou oferecer condições para que ambos saíssem da rua.
O casal, que trabalha catando material reciclável nas ruas da capital e vive há mais de um ano na rua, decidiu na hora pela proposta de emprego. “Vou ganhar treinamento para me capacitar e aprender alguma coisa”, disse Rejaniel de Jesus Silva Santos, de 36 anos. “Da limpeza até a cozinha, posso trabalhar onde quiserem.” O homem contou que era auxiliar de limpeza antes de ir morar na rua. “Eu perdi o emprego e tive que vender minha casa, na Divineia, região de São Mateus [Zona Leste].”
Miguel recebe Rejaniel em restaurante de SP (Foto: Paulo Toledo Piza/G1)Miguel recebe Rejaniel em restaurante
de São Paulo (Foto: Paulo Toledo Piza/G1)
Depois de devolver o dinheiro, Santos e a mulher, Sandra Regina Domingues, também com 36 anos, foram levados até o restaurante japonês e fizeram uma refeição bem brasileira: bife, arroz, feijão e batata frita. “Uma vez na vida eu me lembrei que sou gente. Há tanto tempo eu não me sento para ter uma refeição tão boa.”
Rejaniel contou que ganha, em média, R$ 100 por mês. Com esse “salário”, para juntar os R$ 20 mil teria que trabalhar mais de 16 anos e meio, sem gastar nada. “Melhor ter o seu dinheiro suado do que usar um dinheiro roubado”, afirmou.

Apesar de estar feliz com a proposta de emprego, Sandra disse que se sente apreensiva. “Me ameaçaram depois que devolvi o dinheiro.” Por questão de segurança, o casal não voltará para o viaduto que usava como lar nos próximos dias. “Não quero voltar nunca mais para lá”, completou a mulher.


Um exemplo de vida, que descanse em paz.

Morre o cardeal Dom Eugênio Sales

Arcebispo emérito do Rio tinha 91 anos e sofreu um infarto em casa.
Ele foi uma referência na defesa de perseguidos por regimes militares.

Do G1 RJ
O cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, arcebispo emérito do Rio, morreu às 22h30 desta segunda-feira (9), aos 91 anos, após sofrer um infarto em casa.
Segundo a Arquidiocese do Rio de Janeiro, velório e enterro serão na catedral da cidade: o velório nesta terça de manhã, e o enterro, na quarta, às 15h.
saiba mais

Nascido em Acari (RN), em 11 de novembro de 1920, Dom Eugênio Sales foi ordenado bispo aos 33 anos, em Natal (RN), com apenas 11 de sacerdócio. Em 1968, tornou-se arcebispo de Salvador e, em 1971, arcebispo do Rio.
Ficou à frente da arquidiocese carioca até 2001, onde se tornou referência na defesa de perseguidos políticos. Em 2008, soube-se que ele abrigou mais de 4.000 pessoas perseguidas pelos regimes militares do Cone Sul entre 1976 e 1982 (veja ao final da reportagem reprodução de reportagens do jornal "O Globo").
Ele foi um dos prelados brasileiros que mais cargos ocuparam no Vaticano. Em nota, a arquidiocese lamentou a morte e registrou: "Dom Eugenio de Araujo Sales, o mais antigo Cardeal da Igreja Católica, era Cardeal Presbítero da Santa Igreja Romana, do Título de São Gregório VII. Seu lema, fundamentado na Carta de São Paulo aos Coríntios, foi: 'Impendam et Superimpendar' (2Cor 12,15: 'De muito boa vontade darei o que é meu, e me darei a mim mesmo pelas vossas almas, ainda que, amando-vos mais, seja menos amado por vós')".
O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, decretou luto de três dias. Ele e o prefeito da cidade, Eduardo Paes, divulgaram notas em que lamentam a morte do religioso.
O atual arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, afirmou ao Jornal da Globo (veja vídeo acima) que "Dom Eugênio Sales foi um homem que seguiu Jesus Cristo, que soube estar presente nos momentos do Brasil, na questão dos refugiados, dos perseguidos. Ao mesmo tempo, teve sua presença junto ao Vaticano. Ele deixa marcada sua vida pela sua presença significativa na Igreja e no Brasil. Lembramos de sua atuação na Favela do Vidigal, ajudando os mais necessitados. Foi alguém que nunca deixou a fidelidade ao seu amor à Igreja e ao Santo Padre” (leia repercussão).
TrajetóriaDom Eugênio Sales nasceu em 8 de novembro de 1920 e entrou para o seminário em 1936. Após o Curso de Humanidades, foi enviado ao Seminário Maior da Prainha em Fortaleza, onde permaneceu de 1937 a 1943.
Sua ordenação diaconal ocorreu no dia 16 de março de 1943. Na manhã do dia 21 de novembro do mesmo ano foi ordenado sacerdote por Dom Marcolino, na antiga Catedral de Nossa Senhora da Apresentação, em Natal, e celebrou a primeira missa por ocasião da festa da padroeira com a homilia proferida por Monsenhor Paulo Herôncio.


segunda-feira, 9 de julho de 2012

Que belo exemplo eles nos deu, deveria ser seguido...

Moradores de rua encontram R$ 20 mil e os entregam para a PM em SP

Dinheiro seria de restaurante roubado; homem e mulher foram à delegacia.
Ele diz que pensou na mãe que o ensinou a 'não roubar o que é dos outros.'

Do G1 SP
Dois moradores de rua em São Paulo, um homem e uma mulher, encontraram sacos plásticos com R$ 20 mil em dinheiro numa calçada durante a madrugada desta segunda-feira (9) e os entregaram à Polícia Militar. O caso está sendo registrado no 30º Distrito Policial, no Tatuapé, na Zona Leste da capital paulista. A informação foi divulgada nesta segunda pelo Bom Dia São Paulo.

Segundo a PM, os moradores de rua passavam pela Radial Leste quando ouviram o alarme de uma empresa de ferragens disparar. Em seguida, foram verificar do que se tratava e encontraram um malote e um saco plástico de lixo repletos de envelopes com dinheiro. Eram cerca de R$ 17 mil em notas e R$ 3 mil em moedas.

De posse do dinheiro, os moradores de rua procuraram um segurança da empresa e pediram para ele chamar a PM. “Quando chegamos, os moradores nos entregaram o dinheiro. Verificamos que pode se tratar de dinheiro que foi roubado de um restaurante japonês, na semana passada”, disse ao G1 o tenente Bruno dos Santos Pedro, do 8º Batalhão da PM.
O morador de rua que junto com a esposa encontrou a quantia contou que se lembrou da mãe ao decidir acionar a polícia para devolver o dinheiro. "A única coisa em que eu pensei foi ficar ali e acionar o 190. Quando os policiais chegaram e viram a quantia não acreditaram que eu estava devolvendo o dinheiro. Eu parei para pensar no que minha mãe falou para mim, para nunca roubar nada que é dos outros", disse ao Bom Dia São Paulo.

Em seus dez anos de profissão como policial militar, o tenente disse à equipe de reportagem que nunca havia presenciado a devolução de tanto dinheiro. “Os moradores de rua, que passam dificuldades financeiras, tiveram oportunidade de se evadir com dinheiro, mas chamaram segurança e pediram para chamar a Polícia Militar. O que eles fizeram é plenamente louvável. É o que se gostaria de poder esperar de todo cidadão, mas não é o que geralmente acontece”, disse Santos Pedro.
Os donos do restaurante japonês roubado foram até o 30º DP onde agradeceram ao casal que encontrou o dinheiro do estabelecimento comercial.


Fé e muito amor salva a vida de Pedro Leonardo, ele já stá em casa...

Cantor Pedro Leonardo deixa hospital em São Paulo

Jovem ficou internado quase 3 meses no hospital Sírio-Libanês.
Ele sofreu grave acidente de carro na divisa entre Minas Gerais e Goiás.

Paulo Toledo Piza Do G1 SP

 O cantor Pedro Leonardo, de 25 anos, teve alta e deixou na tarde desta segunda-feira (9) o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O jovem ficou mais de dois meses internado no centro médico paulistano, onde se recuperou de um grave acidente de carro ocorrido em 20 de abril.
"Muito obrigado, gente. Muito obrigado por tudo mesmo. Obrigado pelas orações, estamos junto e misturados, obrigado pelo carinho. Valeu. Estamos juntos", disse o cantor ao deixar o hospital. "Vamos para rua agora, vou comer uma galinhada agora, certeza", disse.  "Agora vamos para casa", disse o pai, Leonardo". "Vamos", respondeu Pedro. Ele vestia uma camiseta azul com uma frase escrita em branco: "Never never give up" (nunca  desistir, em inglês).
Pedro ganha beijo do pai e do primo ao deixar o hospital nesta segunda (9). (Foto: Caio Kenji/G1)
O médico que coordenou a equipe que cuido do cantor,  Roberto Kalil Filho,  disse que Pedro deverá voltar à vida normal dentro de seis meses. (Veja a entrevista no vídeo abaixo)
“Não há problemas na fala, a consciência está preservada e ele caminha”, resumiu o médico responsável pela equipe que atendeu o filho do cantor Leonardo. “Nós acreditamos que, nos próximos seis meses, ele vai retomar a vida normal”, apontou Kalil.
Segundo o médico, Pedro queria ter deixado o hospital em pé. “Ele queria sair andando, mas, por cautela, preferimos a cadeira de rodas”, contou Kalil.“Graças aos outros serviços, ele chegou aqui. Se não tivesse isso, ele com certeza não estaria neste hospital”, agradeceu Kalil.